um mantra diário

Desde 1996, Lumanzin compõe e trabalha com música. Sua primeira composição foi a faixa “Minha Turma” no cd da Teca Oficina de Música “Um Bolo Musical” (2008). 

Em 2016 lança seu primeiro trabalho autoral, o ep "abusos" produzido por Pedro Serapicos, que foi a porta de entrada para começar a atuar no cenário da música independente paulistana. Ainda naquele ano, formou a banda chamada LUZIA que tinha uma sonoridade única explorando o jazz, rock, MPB e elementos da música clássica.

No ano seguinte, ingressou como backing vocal do grupo Amanajé Soundsystem, gravou e participou do álbum "Nossa Missão É Outra" (2017) e realizou diversos shows pelo estado de São Paulo.

Em 2018 realizou a residência artística de Banff Centre, no Canadá. Lá fez parcerias com nomes como Lisa Schonberg (USA), Ariel Schlichter (ARG), Jordan Sand (USA) e Yantra del Velder (AUS) em seus respectivos projetos. Ao mesmo tempo, produzia seu último álbum "quarentena", que foi lançado em 2019.

Since 1996, Lumanzin  composes and works with music. His first composition was the track “Minha Turma” on the Teca Oficina de Música cd “Um Bolo Musical” (2008).

In 2016, he released his first authorial work, the ep "abusos" produced by Pedro Serapicos, which was the gateway to start acting in the independent music scene in São Paulo. Later that year, she formed a band called LUZIA that had a unique sound exploring jazz, rock, MPB and classical music elements.

The following year, she joined the group Amanajé Soundsystem as backing vocalist, recorded and participated in the album "Nossa Missão É Outra" (2017) and performed several shows in the state of São Paulo.

In 2018 she held the artist residency at Banff Center in Canada. There she partnered with names like Lisa Schonberg (USA), Ariel Schlichter (ARG), Jordan Sand (USA) and Yantra del Velder (AUS) on their respective projects. At the same time, she was producing her latest album "quarantine", which was released in 2019.

_MG_7670ed.jpg

entender que sou arte e vario;

by : Pedro Lodeiro

LOGO-QUARENTENA.png

"quarentine" | Aug. 2019

"quarentena" é um projeto multimidiático que trata sobre auto-cuidado, auto-cura, auto-perdão, culpa, gozo, aborto, abandono e, principalmente, processos de isolamento /bons e maus/.

Produzido entre São Paulo e Canadá, o álbum só existiu graças a um crowdfunding de sucesso realizado em 2018, que tinha como objetivo levar LUMANZIN para produzir parte do álbum na residência artistica da Banff Centre (CAN).

A produção técnica e musical foi realizada por Magi Batalla, um espanhol-brasileiro, as baterias gravadas por Lucas Fê e toda sua sensibilidade, os teclados por Juliana Rodrigues e a guitarra por Ivan Liberato.

"quarentine" /translated/ is a multimedia project that talks about self-healing, self-forgiveness, guilty, time, abortion and, mainly, isolated process /good and bad/.

Produced half in São Paulo and half in Canadá, the álbum was only possible thanks to a sucessfull crowdfunding that took LUMANZIN to an artistic residence at Banff Centre (CAN).

Produced by Magi Batalla, there are other names that participated as Lucas Fê at the drums, Juliana Rodrigues at the keyboards and Ivan Liberato at the guitar.

CAPA-OFICIAL-CHEGA.jpg

ABUSOS

abuses | AUG. 2016

"ABUSOS" foi o primeiro trabalho autoral lançado por LUMANZIN. Em parceria com Pedro Serapicos, o ep foi feito num processo de entendimento sobre relacionamentos abusivos e outros abusos sociais que sofremos.

"ABUSES"/translated/ was the first authoral project of LUMANZIN. Produced by Pedro Serapicos, the project was made during a time of comprehension os the diversity of social abuses we face everyday.

live session

capa.jpg

+++++++

OUTRAS COISAS | OTHER STUFF